domingo, 5 de agosto de 2012

interpretação: Pai, me compra um amigo? - 6º ano


Leitura e Interpretação

Texto: PAI, ME COMPRA UM AMIGO?

Bebeto olhou o sinal de tráfego. Cor era coisa que confundia mesmo. Confundia só, não. Via tudo preto, branco e cinza mais forte ou mais fraco. O sol não era amarelo, o céu não era azul, a mata não era verde. Na vida do menino tudo era mais ou menos complicado. Nada se resolvia a favor.
- O menino nasceu de sete meses! –vivia dizendo a mãe.
Bebeto levou tempo para descobrir que as crianças nascem de nove.
Quando quis andar não houve nem rebuliço. Não teve aquele apoio de entusiasmo de todo mundo, gente torcendo, pai suando comovido, mãe de lágrimas na boca de espera, avó já aprontando conquista do neto. Não. Quando tentou o primeiro passo, foi só uma palmada da babá, que estava vendo novela. Andar era coisa errada, pelo visto. Sentiu, mais do que compreendeu, que pensamento de criança, no começo é sentimento
purinho. E olhe lá!
Bebeto lembrou do dia em que sonhou ter um cachorro só para ele, isto já com cinco anos. E explicava:
- Eu não tenho irmão. Cachorro serve.
- Cachorro da hidrofobia – disse a avó.
- Dá o quê?
- Doença!
- Mas a gente cuida dele, ué!
- Apartamento não é lugar pra cachorro – decreta o pai – e sabe quanto um gigante desses custa só em comida?
- Eu quero um pequenininho.
Bebeto dizia potenininho. Precisava corrigir.
- Pequeno é pior ainda. Fica doente à toa.
- Então eu quero um amigo. Você compra?
O pai, Ronaldo, bom administrador de empresa, mas péssimo psicólogo, explodiu, sem perceber direito o que o garoto pedia:
- E onde é que a gente vai fabricar um amigo pra você?
Bebeto se sentia rejeitado mesmo. A mãe não tinha tempo para ele. Era artista. Não artista de televisão. Pintura. Muita gente dizia até que era boa. Pintava umas coisas, como é mesmo?... ah, sim!...abstratas.
(Pedro Bloch. Pai, me compra uma amigo? Ed. De Ouro, 1977 pags. 7 a 9)

1.  Enumere corretamente as palavras aos seus sinônimos:

(1) rejeitado ( ) observador
(2) tráfego    ( ) fora da realidade
(3) abstratas ( ) recusado
(4) psicólogo ( ) trânsito

2. Indique a personagem a quem são atribuídas as seguintes falas:

a) - Eu não tenho irmão. (...........................................................)
b) - Cachorro da hidrofobia. (....................................................)
c) - Apartamento nao e lugar para cachorro. (..............................)
d) - Então eu quero um amigo. (....................................................)

3. Responda com atenção:

a) Quais são os personagens do texto? Indique suas características anteriores.
b) “O sol não era amarelo, o céu não era azul, a mata não era verde.” Por que o mundo de Bebeto era sem cor?
c) Quais são os motivos que levam Bebeto a ser tão carente?
d) O que indica o fato de o menino pedir um amigo ao pai?
e) O que Bebeto esperava de sua família?

4. Retorne ao texto e grife todas as palavras formadas por dígrafos consonantais.

5. Transcreva do texto palavras que formem hiato e ditongo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário